Projecto do Amor

Projecto Se Ame + || Preconceito

Olá Nossos Devanienses!

Projecto

Realizado no Canva
No tempo das nossas avós gordura era formosura. Não haviam estes produtos de encher os bolsos. O importante era ter trabalho para sustentar a família (e a saúde). Era até feio ser-se magra, o que também não era uma coisa bonita de se pensar. Porém, nenhuma sociedade é perfeita, pois é composta por humanos que também não o são.
Ao longo dos anos, com o dinheiro a falar mais alto, criaram-se novas formas de riqueza e com elas novos padrões. Promete-se tudo! Criou-se o negócio do ginásio, dos comprimidos para emagrecer, dos cremes, de tudo e mais alguma coisas para ganharem dinheiro!
Nada em busca da saúde, mas sim do dinheiro! Chamam-te de gorda para te entumires de comprimidos, usares os melhores cremes e esgotares o teu tempo num ginásio (com um PT, de preferência). 
Se és gorda, não és perfeitinha. Oferecem-te as melhores soluções para chegares aos padrões sociais. Existem músicas a falarem da Gordofobia Social: “Stupid Girl” da P!nk e “Mrs Potatos Head” da Melanie Martinez.
Coisas simples do dia-a-dia são gordofobia e nem nos apercebemos. Já está enraizado. Pensar que está errado uma pessoa gorda comer uma lasanha é gordofobia. É errado porquê? Não está a comer o que é dela? Há pessoas que dizem que não é gordofobia, mas sim que se você não emagrecer irá morrer.  E se você parar de comer, meu querido, também vai morrer. 
Uma coisa é a questão estética, outra é de saúde. Há bastantes magros com problemas graves de saúde. Portanto, não é por ai. 

Projecto

Retirado da Internet

Segundo Blogueiras Feministas “Para as mulheres, é excepcionalmente difícil ser gorda em meio ao culto dos corpos magros sem odiar a si mesma ou ser odiada. Não gostar de si mesma já é praticamente uma exigência social para toda mulher, cujo valor é inteiramente atribuído à sua aparência; o que dizer então para as mulheres gordas. São aconselhadas uma infinidade de modificações corporais e recomendadas centenas de dietas especiais. “. 

É quase impossível ser-se gorda e não ter algum transtorno alimentar. 
Há quem não entenda que na sociedade há espaço para pessoas magras e gordas. Porquê que há uma necessidade dum padrão? 
O importante é ser saudável, feliz e realizado. O resto vem por acréscimo. 

Projecto

Tacila Concê não é feia, feia é a sua estupidez!

As pessoas elogiam quando alguém está emagrecendo com remédios, mas não se preocupam com todos os efeitos colaterais que eles causam. Não ligam se ela está muito nervosa, está suando demais e mal de saúde.” Maira Medeiros, Youtuber
Todas as Sextas-Feiras será lançado um post, no caso delas, um video, sobre o tema Gordinhas. O nosso mundo maravilhoso. Teremos muito pano para mangas e esperemos que todos vocês nos acompanhem. 
Neste projecto, teremos a companhia dos seguintes canais:
Esperamos por vocês!
Beijinhos


Anúncios

Um comentário em “Projecto Se Ame + || Preconceito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s